Como entender e testar perfumes?

  • Escrito por Claudio M
  • Sep 10, 2020
  • Atualizado em Oct 23, 2020

Instale o aplicativo Bazar Club e tenha a melhor experiência de compras em seu smartphone! Você também tem acesso a alguns dos nossos produtos em nossa loja web!

Como entender e testar perfumes?

A arte de se perfumar é uma parte importante da construção de uma imagem pessoal. E sejamos honestos: a qualidade do que você escolher usar, e a habilidade com que você usa, vão se refletir em como as outras pessoas te percebem, em como elas vão te entender, e até no prazer (ou não) que elas vão ter em sua companhia.

Dito isso, como a gente pode adicionar a arte da perfumaria à nossa rotina, para realçar nosso “eu”, nos sentirmos bem e atrairmos a boa atenção em nossa direção? Como a gente sabe se um perfume tem ou não qualidade, como deve ser usado e quanto?

Aliás, o que é um perfume?

A palavra vem da expressão em latim “per fummo” (por vapores), que mais tarde passou para o italiano “profumo” e então para o francês contemporâneo “parfum”. Desde aquela época já se sabia, corretamente, que o perfume era algo que se desprendia de alguma coisa pela evaporação (se dissolvendo no ar) para chegar até nós.

Mas aprendemos a criar preparados para imitar essas fontes de aroma. E isso é feito dissolvendo as fragrâncias em três solventes básicos, combinados: álcool, água e óleos.

Opa, tem coisa errada aí!, os mais atentos de vocês vão dizer: esses três solventes não se misturam! Sim, verdade. Por isso hoje em dia os perfumes também envolvem vários outros químicos: como estabilizantes para que os solventes possam se misturar, conservantes para evitar que as essências apodreçam pela ação de bactérias, antioxidantes para evitar que a fragrância mude com o passar do tempo pelo contato com o ar. Mas como não somos químicos, vamos nos deixar em suas mãos capazes e nos concentrar apenas no perfume em si.

As essências

Uma essência é um extrato de origem animal, vegetal ou sintético que nos traz um determinado aroma. Hoje em dia, por fatores alergênicos ou uma bem vinda preocupação com a preservação ambiental, praticamente todas as essências antes produzidas de animais e várias vegetais foram banidas e substituídas por variantes sintéticas.

essências para perfumaria

Existem vários métodos para extrair essências de ingredientes naturais. O mais simples é a expressão ou prensagem, que é apenas aplicar pressão sobre o ingrediente fresco - preferencialmente a frio, para não alterar a qualidade do ingrediente - para que ele libere seu sumo ou óleo essencial.

extração de essência por prensagem a frio

Um método mais delicado que preserva o aroma do ingrediente fresco, principalmente flores, é o enfleurage: pétalas frescas são colhidas e mergulhadas em óleos vegetais neutros, para que a essência passe para o óleo. Esse método foi abandonado pela indústria em 2002, mas recuperado pela casa de perfumaria brasileira O Boticário, que a usa para fabricar, entre outras, sua mundialmente famosa fragrância feminina Lily.

Lily, de O Boticário, enfleurage

Uma técnica moderna para desenvolver essências artificiais é o chamado headspace: uma tela especial, ou uma redoma, que captura as moléculas dos gases que compõem um cheiro. Depois elas são identificadas em laboratório e replicadas. Essa técnica não apenas permite capturar o aroma que uma flor tem ainda viva, como fragrâncias complexas como o cheio de um bosque, de uma cafeteria ou uma refeição… Essa técnica é usada na fabricação do perfume masculino Zaad, de O Boticário, para capturar o aroma da orquídea dourada das Filipinas, sem que tenha de ser colhida.

Zaad, de O Boticário

A metáfora

Por licença poética e a complexidade de um perfume ser comparável a uma música ou sinfonia. Então a uma essência em particular, chamamos “nota” e a um conjunto de essências que se completam a ponto de se misturarem, chamamos “acorde”.

Estrutura: as fases de um perfume:

Justamente porque um perfume é uma “poção mágica” em três solventes diferentes, nós somos expostos à suas fragrâncias em três fases ou momentos distintos: a abertura, o coração e o fundo.

A abertura (ou saída, topo ou cabeça) é notada tão logo o perfume entra em contato com o calor da sua pele, quando o solvente alcoólico carrega as notas mais voláteis e elas se expandem imediatamente. Geralmente notas frescas, cítricas ou herbais, fazem parte das aberturas, sendo o limão, a bergamota, coriandro, lavanda, ervas como a sálvia ou hortelã, flores frescas como o gerânio, ou diversas frutas, muito populares.

O coração (ou corpo) começa a ser sentido com mais força na medida em que a abertura se dispersa, depois de alguns minutos. É onde você geralmente vai encontrar o tema do perfume, a ideia principal. Essas notas evaporam mais devagar. Junto ao corpo, você também vai sentir a base.

O fundo (ou base) é o responsável pela sustentação do perfume. São as notas que duram mais tempo, e as responsáveis pela fixação (o tempo que o perfume vai durar na sua pele). É geralmente composto de âmbar, madeiras, raízes e resinas vegetais. São muito populares o cedro, raiz de vetiver, patchoulli, musgo de carvalho ou mais exóticas como o oud ou guaiaque.

Bazar Club baixe agora!

A concentração

Perfumes são oferecidos em diversas concentrações das essências em relação aos solventes. Conforme essa concentração, eles vão ter ingredientes típicos, usos e expectativas diferentes.

Eau Fraiche: Conhecida no Brasil como body splash. Costuma ser uma fragrância fresca, e sem um fundo. Tem uma concentração de apenas 1% a 3% de essência. É usada principalmente para aromatizar um pouco o ambiente, ou como pós-banho noturno, para relaxar antes de dormir. Ou ainda logo após a academia ou corrida, antes de ir pra casa. Ter uma duração tão baixa (menos de 1 hora) é o seu maior trunfo, porque você pode usar para se sentir bem, sem que ele atrapalhe o perfume de fato que vc vai querer usar no seu dia.

Eau de Cologne (EDC): No Brasil, Água de colônia (NÃO confunda com Deo Colônia, que é mais concentrado). Tem uma concentração entre 2% a 4% de essência, o que ainda é bem pouco. Embora também não tenha notas de fundo, pode usar ingredientes ligeiramente mais “pesados”, mas ainda assim a idéia é o frescor. Normalmente vendida em frascos grandes e sem borrifador, e pode ser usada à vontade, geralmente no pós banho, para refrescar um dia quente. Ou antes de dormir (muita gente guarda sua água de colônia na geladeira, no verão).

É um perfume terapêutico, relaxante, que você usa para si mesmo(a) e não para os outros. Não subestime isso: as melhores decisões que você tomou na sua vida, você fez porque estava de bom humor!

Não dura muito na pele, então não vai incomodar o seu sono, ou o de quem estiver ao seu lado.

Uma curiosidade é que no início as águas de colônia eram feitas como tônicos, para usar na pele, lavar as mãos ou mesmo beber! Mas de jeito nenhum faça a ingestão de uma água de colônia moderna, elas contém conservantes e antioxidantes que podem ser tóxicos e muito perigosos!

A mais famosa fabricante de água de colônia no Brasil é a Casa Granado.

Eau de Toilette (água de banho, EDT): Tem uma concentração de 5% até 15% de essências, e já é um perfume completo: topo, corpo e fundo. Na renascença européia, era usada para a higiene pessoal, para banhos a seco, daí o nome. No Brasil, por questões tributárias, perfumes com essa concentração são vendidos com a designação de desodorantes-colônia, ou Deo Colônias. É a faixa de concentração mais popular no nosso país.

Eau de Parfum (EDP): Tem uma concentração de 13% a 20% de essência. No Brasil, também se usa o termo Deo Parfum. É uma concentração bastante comum em perfumes lançados no mercado internacional, os importados.

Extrait de Parfum: É o mais concentrado que um perfume pode ser, entre 18% até absurdos 30%! Ao contrário das outras concentrações, é necessário ter alguma habilidade no uso de perfumes para serem usados. Isso porque são tão fortes que uma ou duas gotas são suficientes. Geralmente essa concentração é usada só em perfumes “de nicho” (fragrâncias criadas especialmente para entusiastas da perfumaria).

Sucessos nacionais e importados

Fixação, projeção, silagem

A função de um perfume é evaporar. É assim que sua fragrância se faz conhecer.

A fixação é o tempo total em que todas as notas do perfume levam para evaporar da sua pele completamente (de forma que você não consiga mais sentir nenhum aroma, nem mesmo rente à sua pele).

A projeção é o tempo no qual o perfume consegue estar evaporando a ponto de ser sentido à distância (na distância de conversação, ou maior). Geralmente, quanto mais tempo um perfume projeta, menos ele fixa.

A silagem, é a capacidade do vapor do perfume permanecer suspenso no ar depois que deixa a sua pele. Fragrâncias de alta silagem ainda se fazem sentir depois que você deixou a sala.

IMPORTANTE: Um perfume de concentração maior, não necessariamente vai fixar, projetar ou ter maior silagem, isso depende dos ingredientes. Pense na concentração como uma reserva de perfume, mas o quão rápido ela se esgota depende do quanto exala. Apenas a concentração não é uma medida de qualidade do seu perfume.

Bazar Club baixe agora!

Como aplicar seu perfume?

Onde borrifar um perfume? Aplique-o onde você quer ser beijada - Coco Channel, estilista

O modo ideal de usar um perfume depende, em primeiro lugar, da sua concentração. Um body splash ou uma água de colônia podem ser espalhados no corpo inteiro, na quantidade que você quiser.

Perfumes com maior concentração que isso, exigem maiores cuidados. Para começar, a quantidade que você vai usar depende da projeção e da silagem: se essas duas características forem altas, o excesso de perfume pode sufocar as pessoas ao seu redor!

A quantidade ideal varia de pele para pele, e de fragrância em fragrância (as mais frescas podem ser mais abusadas, as mais pesadas inspiram cautela) você vai ter que experimentar um pouco. Um bom ponto de partida é o seguinte:

Uma Deo Colônia (Eau de Toilette) com alta projeção pede umas 4 a 6 borrifadas no dia a dia, e 6 a 8 borrifadas quando você for a uma festa (seu perfume vai concorrer com outros) ou a um espaço aberto. Em um dia mais quente vc usa um pouco menos, e alguns perfumes até devem ser evitados em temperaturas muito altas. Para climas quentes, é melhor usar fragrâncias mais frescas, com menor projeção.

Um Eau de Parfum de alta projeção pode pedir talvez de 3 a 6 borrifadas. Dependendo do perfume e da ocasião.

Um Extrait de Parfum precisa ser conhecido em casa antes de se usar em público. Geralmente uma ou duas borrifadas bastam.

Quando borrifar um perfume, não esfregue por cima. Isso destrói a projeção da fragrância.

Onde aplicar um perfume no seu corpo? A estilista Coco Chanel tinha uma resposta curta: “onde você quer ser beijado(a)”. Obviamente, esse conselho deve ser interpretado direito. Você não vai borrifar nos seus lábios, né? :-)

Bons locais são ao redor do seu pescoço (a área da nuca ajuda perfumes de boa silagem a deixar um rastro atrás de você). Repare que a dobra interna dos braços não tem uma projeção tão boa quanto dizem… E quando usar os punhos, prefira a parte externa (ao contrário do que muita gente faz), porque esfregamos muito a parte interna nas coisas, transferindo o perfume e ele acaba mais rápido.

Gostaria de aumentar a fixação do perfume? Use um hidratante corporal após o banho. Uma pele bem hidratada absorve melhor as fragrâncias.

Não aplique o perfume na pele nua e logo em seguida vista a roupa, isso também diminui a projeção. Espere alguns minutos antes de se vestir, ou aplique o perfume apenas depois de se vestir.

Cuidado com os corantes! Perfumes que não são transparentes (principalmente os mais concentrados) podem manchar tecidos. Até mesmo um perfume claro como cristal pode manchar roupas brancas!

Não aplique perfumes usando casacos de couro, artificial ou natural. Parte do perfume é óleo, que não é absorvido pelo couro. Com o tempo a essência se vai, mas o óleo fica e deixa um cheiro ruim.

Testar um novo perfume

Nas lojas, é comum o uso das “fitas olfativas” de cartolina, para dar uma ideia das fragrâncias, mas o ideal mesmo é testar o perfume diretamente na sua pele.

Não esfregue e nem agite a área, deixe secar naturalmente. As notas de abertura se farão sentir imediatamente, mas elas são muito parecidas nos perfumes modernos. Aguarde e deixe secar por ao menos 15 minutos: então você vai ser capaz de sentir o corpo da fragrância, que é a sua principal característica.

É nesse ponto que você vai ser capaz de dizer se o perfume é ou não do seu gosto.

E isso é tudo, por hora!

Parabéns, agora você sabe o que precisa para se expressar para o mundo através de seu perfume. Dúvidas? Converse com a gente em nossas redes sociais!

Bazar Club baixe agora!

 

Qual a sua opinião? Deixe um comentário!

comments powered by Disqus